quarta-feira, 13 de abril de 2011

Circo teatro Bileco

Rio Negrinho
 
Rio Negrinho – Após o sucesso no bairro Industrial Norte, o Circo Teatro Bileco monta a lona no estacionamento do Pavilhão dos Imigrantes. Hoje à noite haverá a re-estreia com a peça “Bileco, o Tigrão de Rio Negrinho”.

O grupo também esteve semana passada no Distrito de Volta Grande e hoje volta para fazer mais uma apresentação com a peça “Bileco na casa dos fantasmas”. O projeto visa levar apresentações até onde o teatro tem pouca entrada. As crianças do interior se encantaram com a magia do palhaço, levada até eles pelo grupo paranaense.

“Temos um auditório mambembe”, comenta João Moraes, integrante da trupe. A despedida do circo ao lado do ginásio Camiseta foi com o drama “Maconha, o veneno verde”. Ao final da peça, mesmo antes da última fala, o público aplaudiu de pé o espetáculo. A estratégia do grupo num primeiro momento é a formação de público. Com cerca de 90 espetáculos no repertório, Bileco consegue reunir espectadores das mais diversas idades e classes sociais.

Moraes ainda enaltece sobre as afirm

ações de algumas pessoas de que o circo serve apenas para levar embora o dinheiro da cidade. Diferente dos circos com espetáculos de arena comuns, os quais ficam uma semana apenas no município e vão embora, o Circo Teatro Bileco permanece por até 90 dias.

Nesse tempo são seis famílias que usam o dinheiro das apresentações para se manter no município. Mercados e postos de combustíveis locais também faturam. “A maior parte do que arrecadamos deixamos no município de um jeito ou de outro”, observa Moraes.

O espetáculo de hoje à noite terá ingressos a R$ 7 adulto e R$ 5 infantil. Com o cupom de desconto que pode ser destacado do jornal A Gazeta, o espectador ganha um desconto de R$ 3. O empreendimento artístico permanece na cidade por pelo menos mais um mês.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário